Arquivo da tag: bandeira branca

Bandeira Branca Masculina


Gay Hendricks e Arjuna Ardagh decidiram fazer juntos, na internet, um manifesto masculino de PEDIDO DE DESCULPAS às mulheres de todas as gerações por subserviência, desvalorização, exploração sexual, pelas ações do passado e do presente, com o objetivo de restabelecer  parceria na construção de um mundo melhor.

 Há milênios a mulher e seus valores femininos são subordinados à cultura patriarcal numa eterna batalha entre o feminino e o masculino.

 Zeus e Hera representam respectivamente essa luta entre o patriarcado e o matriarcado.  

 No mitologia grega Hera simboliza uma tríade : a jovem, a mulher fértil e a sábia anciã, mas é no papel de esposa de Zeus que ela passa a representar o papel submisso do feminino, ela ficou reduzida a uma esposa irada e ciumenta, que disputa o poder e luta para não ser dominada pelo poder patriarcal. Eles vivem em pé de guerra e conhecemos bem esse filme .

Zeus, por sua vez, é um deus poderoso que tem o seu masculino imaturo, quer se afirmar através de seus feitos, por sua capacidade de dominação de deuses e homens sob sua autoridade e pela quantidade de amantes que possui.

pergunto:

Que papel é esse de submissão e inferioridade da mulher que se tornou tão natural?

Conseguiremos recuperar o valor e as características do feminino?

Conseguiremos encontrar um novo equilíbrio nas relações entre mulheres e homens com respeito aos papeis de cada um?

Gay Hendricks, Arjuna Ardagh deram um passo a esse respeito e fizeram um pedido público de desculpas em nome do masculino reconhecendo que só o equilíbrio pode levar a um mundo de paz.

Eu realmente espero que não seja apenas um discurso ou uma auto promoção. O fato que o texto é bem feito, o vídeo desperta emoção e é uma iniciativa que pode se tornar um movimento interessante. 

Eu também acredito que o equilíbrio da nossa sociedade só começará quando houver equilíbrio entre todos os seres, sem distinção de gênero nem de disputas de papel.

Afinal, só podemos ver com profundidade com os dois olhos e só conseguiremos voar com um par de asas.

Vale a pena ver o video!

12 Comentários

Arquivado em DEUSA DO FEMININO, masculino e feminino, NEM TE CONTO!