Arquivo da tag: arte

Explosões no Castelo de Edinburgh


muita cor e fumaça no cenário medieval

Domingo, dia 05 de setembro – a Princes Street Gardens, Edinburgh/ Escócia parecia a praia de Copacabana no final do ano (nas devidas proporções claro) para ouvir os 45 minutos de Fireworks Concert, lançados do famoso castelo medieval de 1.400 anos.

vistada cidade do topo do castelo dia 05/09/2010

O concerto que une pirotecnia e música encerra o maior festival de arte e cultura do mundo que chega a receber um milhão de pessoas e acontece anualmente nas três últimas semanas de agosto desde 1947

Edinburgh International Festival

Fireworks Concert

O castelo, naquele cenário noturno, envolvido em estrondos e nuvens de fumaça alimentava e enchia de mistério a nossa fantasia.

castelo de Edinburgh sobre um rochedo no ponto mais alto da cidade

Não era um show de fogos num castelo qualquer, (como o falso castelo da Cinderela na Disney), eram fogos e castelo de verdade. A rainha que morava nele foi ninguém menos que a lendária rainha escocesa Mary Stuart que foi decapitada pela prima inglesa Elisabeth I. Mary  Stuart teve vááários maridos e um filho James VI, nascido neste castelo dia 19/06/1566. O príncipe nasceu num quartinho minúsculo entre 10 e 11 da manhã, logo tiraram o bebe do colo da rainha para mostrá-lo ao pai, Lord Henry Darnley e à corte (mesmo naquela época já separavam as mães dos filhos. Nem rainha tem vez?). Mary foi coroada com 9 dias de nascida, seu filho foi coroado com 1 ano de idade, mesmo coroado com tanta precocidade James VI teve um papel de destaque na história, ele simplesmente unificou a Inglaterra e Escócia.

O castelo tem um significado muito especial para o escoceses. Os fogos são a apoteose do festival que é a maior badalação cultural do verão europeu. O dia ainda estava quente com finalzinho do verão, os bares cheios e muita energia na rua com gosto de fim de festa.

Há séculos nesse lugar era guardada a munição dos canhões, hoje estão fogos de artificio, o que antes era por motivo de guerra hoje é confraternização


Anúncios

3 Comentários

Arquivado em ACONTECE, ARTE, IMPERDÍVEL, INESQUECÍEL, NEM TE CONTO!, RODAR O MUNDO, VIAJEI

O CORPO do Brasil em Edinburgh


Edinburgh International Festival de 13 de agosto a 5 de setembro

Música, dança, humor, performance em todos os cantos da cidade.

Deslumbrada com a cidade vi um grande painel estampado num edifício, qual foi meu espanto quando descobri que a plasticidade e a beleza daquela imagem  que anunciava o festival era do Grupo Corpo, uma companhia de dança contemporânea brasileira criada em 1975 em Belo Horizonte pela família Pederneiras.

página do folder do festival

Eles levaram o nosso ritmo e sensualidade para Edinburgh, associado a tecnologia de ponta na dança contemporânea em dois espetáculos:  •Onqotô: funk latino com toque de futebol carioca, música de Caetano Veloso e José Miguel Wisnik. •Parabelo trouxe a nossa raiz para o Festival, música de Tom Zé e Zé Miguel Wisnik. Ambos coreografados por Rodrigo Pederneiras, figurinos de Freusa Zechmeister e light designer do Paulo Pederneiras

Como todo evento oficial o festival de Edinburgh tem, simultaneamente, outros festivais concorrentes que fazem o genero “off Broadway”

o festival paralelo mais famoso é o Fringe

Ele premia tendências em música, teatro, dança e é bem disputado.

Dica quente para os moderninhos de plantão

o Fringe  desenvolve uma linha própria de acessórios, camisetas com uma propostas bem gráfica, que depois se tornam  itens de coleção .

essas eu trouxe pra mim

Pra quem já faz planos pro ano que vem The Edinburgh Festival Passport já está disponível pra venda, será de 5 a 29 de agosto de 2011. Recomendo, vale a pena!

1 comentário

Arquivado em ACONTECE, ARTE, IMPERDÍVEL, RODAR O MUNDO, VIAJEI

Animado, Anima Mundi 2010


As férias de julho terminam com chave de ouro, Anima Mundi em São Paulo, desde quinta 20/07 estamos aproveitando ao máximo.(Eu nunca tinha ido ao Memorial da America Latina, é mais fácil do q eu imaginava, o lugar é bem legal e com boa infra, venci a barreira de chegar lá.)

As oficinas são bem interessantes. Eu, e o Pedro (12 anos) escolhemos uma oficina de massinha, onde na entrada se formavam os grupos, o nosso foi o Daniel (10 anos) e a Flavia Nascimento, Rodrigo (13 anos), Priscila. Olha só o resultado de uma hora de trabalho, o roteiro e o nome foram iniciativa das crianças. O programa que faz essa animação é bem simples e se chama MUAN, versão 8.3 (plataforma Linux) dizem que é só baixar. Valeu, Henrique Köpkg, orientador do grupo, as crianças  tiveram uma grande experiência e nós tbem, confira aqui:

Longa de animação : Vimos o filme australiano “Max & Mary” UMA AMIZADE DIFERENTE  de Adam Elliot’s,  vencedor do Oscar Award “Hervey Krumpet “.  O texto é incrível, a animação tbem, vc entra totalmente na história q me parece ser real. Ela aborda a Sindrome de Asperger, um tipo de autismo que resulta e dificuldade de realcionamento, dificuldade de interação social, falta de empatia, interpretação muito literal da linguagem, dificuldade com mudanças, perseveração em comportamentos estereotipados.  Um papo bem cabeça, numa linguagem muito fluida, não é bem pras crianças, tive que explicar um montão de coisas. Amei, recomendo! veja o trailer

venceu melhor longa metragem, juri popular Rio e São Paulo

Curta de animação

“Eu Queria Ser um Monstro” – Direção de Marão – Escolhido Melhor Filme Brasileiro no Anima Mundi Rio 2010 – Produzido por: Marão Filmes e Rocambole Produções –

” Margarita”  direção  Alex Cervantes – Esse filme espanhol com toda sua ingenuidade cativou a platéia infantil, muito bem executado.

mas pra mim o desenho mais rico graficamente foi dessa diretora húngara, Maria Horvath não achei o link do filme : Contos Húngaros que passou na mostra mas achei esse aqui.

ESSE NÃO PASSOU NA AMOSTRA, mas dá pra notar o talento da diretora

Ainda é uma ótima dica pro final de domingo, o Anima Mundi fica até as 22:00h e hoje é o dia da premiação. Corre que dá tempo!

OS PREMIADOS do ANIMA MUNDI

Deixe um comentário

Arquivado em ACONTECE, ARTE, FILHOTES DE GENTE, RODAR O MUNDO

Pertinho de Deus


 

vista aérea

Abadia de San Galgano

A ruína de uma Cadedral, próximo a Siena, na Toscana, Itália é dos lugares mais mágicos que já estive, uma história cheia de energia e mistérios. Aqui eu aprendi o verdadeiro significado da palavra religare (religião)

Tudo começou qdo fui visitar uma amiga querida (da é poca de  escola), depois de 20 anos. A Stefania mora em Parma, é restauradora de igrejas do “cinquecento” (1500) ela sugeriu ese roteiro e afirmou:” um lugar absolutamente inesquecível”. (na novela Passioneo diálogo de Gema e Beth, quando ela procura Totó na Itália,  ambas estavam  sentadas  no que seria o altar dessa igreja e foi isso q me inspirou fazer esse post).

Depois de cruzar muitos campos toscanos chega-se a um monastério. Uma ruína onde só as paredes estão de pé.

 

a cadetral impressiona pelo tamanho e pela integração na paisagem

 

A suposta cúpula passou a ser o céu, o que te deixa mais perto de Deus, não há barreira alguma entre nós.

O piso é de terra batida, a grande mãe terra, tirei os sapatos com os pés na terra levantei as mãos pro céu. Os santos e afrescos foram absorvidos por plantas, árvores e pássaros que entram pelos espaços vazios das janelas.  Como se o universo  estivese cercado por uma moldura de paredes. Senti uma energia incrível ao visitar San Galgano é literalmente um portal para uma outra dimensão. Até aquele momento não fazia ideeia da história que estaria pro traz daquela ruina.

 

suspiro profundamente uuuuufffffffffff!

 

O lugar emociona, é divino.

Depois de rezar, chorar, meditar descobri uma pequena capela, no alto da morro ao lado do monastério.

Chiusdino

Veja bem nesse 3D a posição celeste da espada entre todos os signos do zodíaco que é percorrido pelo feixe de luz, coincidência?

 

a espada era a lei?

 

San Galgano viveu no sec. XII, trocou a vida entre as lutas de um cavaleiro e seus prazeres para se tornar um eremita. Ele se isolou numa cabana no alto do morro e enterrou , em 1180, sua espada de ferro numa pedra como uma cruz . Hoje a espada está protegida por uma redoma mas a espada não parece falsa. Eu vi, procurei uma fenda uma marca uma rachadura. Aqui não tem Código da Vinci, efeito especial ou cenário do Harry Potter, é realidade pura.


Algumas lendas dizem que ele chegou a ser um cavaleiro da távola redonda. A idade da espada atesta a originalidade da época.

Depois de anos constriram um mosteiro em homenagem ao eremita surgiu um dos braços da igreja católica.


Abadia de San Galgano, século XIII,  foi muito influente na Toscana,  foi protegido, recebeu dinheiro e apoio de Henry VI, Otto IV e de Frederico II. Foram muitas histórias de glórias e conflitos durante o apogeu e a decadência dessa catedral, no século XIV começou o declínio com fome de 1328 e praga de 1348 , que afetou toda hierarquia dos monges.

Em 1781 desabou o teto da igreja, em 1786 atingida por um  raio desabou a torre do sino, o bronze do sino foi vendido a kilo e a abadia foi transformada mesmo numa fundição, em 1789 a igreja  já tinha se tornado um lugar profano e  foi finalmente abandonada.

A energia do lugar que inspirou o cavalheiro Galgano a se tornar um homem santo emana em todo lugar.

Se você quiser conhecer mais dessa história achei o post do Marcos Machrysller conta toda a história tim tim por tim tim.


1 comentário

Arquivado em ARTE, BEATA LEi, EXPERÊNCIA DE VIDA, IMPERDÍVEL, INESQUECÍEL, mito, RODAR O MUNDO, SURTEI, GRITEI, CHOREI, TODOS OS SANTOS, Tradição, VIAJEI

Nação Zulu- dica na África do Sul


KAWAZULU = lugar do Paraíso, a região onde o guerreiro kraal Shaka viveu suas vitórias sangrentas, foi reconstruído pra uma superprodução cinematográfica. Vários nativos que dominavam os costumes Zulus foram contratados pra reconstruir uma autentica aldeia Zulu do sec. XIX.

foto de 1885

A história do estrategista repete as muitas outras de outras partes mundo, filho bastardo do rei com a mulher mais linda do povo, Shaka, nasceu e cresceu repudiado pela comunidade, até que se tornar um heroi ao mudar a forma de guerrear, criou novas lanças, mais curtas e com a ponta longa e os novos escudos. Ele inventou manobras de guerra e treinou seu exercito, que o tornou “quase” invencível. Como ele tinha muita mágoa interior, destruia quem aparecia na sua frente. Criou-se o Mito Shaka Zulu.

Depois do filme pronto a aldeia foi devolvida pra comunidade que transformou o local num projeto sustentável, apesar da miséria da região é seguro  visitar a aldeia e pode tirar foto a vontade.

o lugar é bem inspirador

Cheguei ontem em Durban e hoje deram um jeito de eu visitar a aldeia que fica no caminho pra Moçambique. Na vila vive várias famílias, 80 pessoas, responsáveis por manter as tradições Zulus, fazem artesanato, ensinam as danças, as músicas, fazem a cerveja e usam indumentárias típicas, tem até um centro cultural. As crianças, filhos dessa comunidade tem ônibus especial pra ir a escola. O governo dá subsídios pra manter viva a herança cultural do temido guerreiro, amado e odiado por muitos (depende do lado que vc tá, se vê é Zulu ou se vc é de outra etienia ,Shaka matava qquer um que não fosse Zulu, mesmo de outra etienias afros). A geografia é linda tudo a céu aberto; nada, nada fake. Tudo é real vivo e funciona.

imagino esse pessoal dançando na abertura da Copa do Mundo aqui na África.

O povo Zulu é cinco vezes maior que a população branca, até o presidente da África do Sul é Zulu.

A vista vale a pena, tem almoço típico, vendem todo tipo de artezanato, mas dá prazer em comprar da mão de quem acabou de fazer, (não tem nada de made in China). O ritmo, a dança é um misto de nativos com samba, tem até cuíca. Dá pra sentir como temos referências em comum. Eu que fico a procura de símbolos do universo feminino encontrei muita coisa, muitas mulheres com bebes, muitos icones, pra rechear o meu trabalho das parteiras, até casamento zulu eu consegui. Finalmente Bia Fioretti pesquisa as mulheres da África do Sul, um sonho que se realiza.

A viagem pra chegar  em Shakaland é longa, boa parte pela costa do Oceano Indico, mas vale a pena, se preferir dá pra se hospedar na comunidade, tem quartos com conforto e serviço de hotel. Pra quem for ver os jogos em Durban, vale a dica de um programa pra fazer entre os jogos de futebol. E lindo e a cuíca faz ferver o nosso sangue com o rítmo.

vista do restaurante dentro da tribo

4 Comentários

Arquivado em ANCESTRAL, AVENTURA, África do Sul, Cerimonia de Casamento, EXPERÊNCIA DE VIDA, IMPERDÍVEL, mito, RODAR O MUNDO, SHAMANICOS, Tradição, VIAJEI

sp-arte 2010


de 29 a 02 de maio, na Bienal

Em 2009 fui na abertura da SP-ARTE /Feira Internacional de Arte de São Paulo, convidada pelo Martin Parr, fotografo da Magnum que tinha algumas suas fotos  a venda em uma galeria brasileira. AMEI o evento!

Maior encontro de artes plástica da América tá 6ª edição, são 80 galeria de arte moderna, contemporânea e vários curadores de museus como Tate Modern, Malmö Konsthall (Suécia), MUAC (México), MALI (Peru) e MUSAC (Espanha).

Vai ter Intervenção Urbana, palestras num dá pra perder. No ano passado mesmo tendo ido sozinha eu adorei, muitos artistas, estilos, só não encontrei personagens como Kiki de Montparnasse. A abertura é dia 28, imperdível! (A minha maior inveja é não estar lá como expositora, sei que é pretensão, mas quem sabe um dia minhas fotos estarão no mercado).

1 comentário

Arquivado em ARTE, IMPERDÍVEL, VIAJEI