Arquivo da categoria: FESTAS POPULARES

Navegar de Balão


Dia 20 de agosto de 2016, a única previsão garantida seria de fortes emoções

2 copy

Regata Aratú Maragogipe a maior regata fluvial do Brasil,

2.3

Desde 1969  os antigos e tradicionais saveiros faziam uma regata para homenagear o padroeiros da cidade de Maragogipe “Regata de São Bartolomeu”. A regata original era apenas de saveiros, atualmente é uma grande festa pra todos os amantes do mar.

3.3

Foi minha primeira regata de competição. Mais de 100 barcos de velas içadas, subdivididos em 4 categorias, se amontoavam na Bahia de Todos os Santos

4_o

Observar a maré, os ventos e definir uma estratégia de largada, tudo calculado,   saímos bem, mas alguém queimou a largada

9.1

                                O mar ainda estava pontilhado em branco e preto.                                                                 E todos manobraram de volta. Mais 15 minutos de espera,                                  mais uma vez decidir que direção tomar com um vento cada vez mais indeciso.

8

Literalmente,  uma fragata da marinha entre nós.

9

O mar foi colorido por balões inflados pela popa.

10

O roteiro era pré-determinado, as boias foram previamente definidas, mesmo assim surpresas cruzavam nosso caminho, era  necessário redobrarmos a tenção.

12.1

                 Hora de abrir Gennaker, 125m de tecido, um tamanho gigantesco,                       um peso enorme, suspenso em apenas três pontas.

11

E ficou aberto em uma asa de pombo de 20 metros de altura

12.2_o copy

Pouco a pouco vamos ganhando posições e navegando sobre o Rio Paraguaçu

34

E vamos nos aproximando dos barcos que saíram na primeira bateria, como os antigos Saveiros, os grandes mestres por estas águas.

13

Milha a milha a chegada se aproxima, e deixo de ser marinheira de primeira regata.

15

 Maragogipe na linha do horizonte.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ACONTECE, FESTAS POPULARES, RODAR O MUNDO, VIAJEI

São João em Caruaru, muito mais que forró


Caruaru é considerada a capital do forró e nessa época de São João, o pátio do Forró é uma loucura com milhares de pessoas e bandas que trocam o dia pela noite, além disso tem passarela com desfile de quadrilhas com coreografia e tudo mais, o povo de lá se prepara o ano todo.

Mas existe muito mais São João em Caruaru além de forró, nesse dia 24 de julho comemora-se o dia do Bacamarteiro, (pode até parecer nome de desenho animado) mas são homens enfardados com armas de festim (sem projétil) na mão, como se fossem produtores de rojão.

Essa relíquia vem da época da guerra do Paraguai quando os soldados atiravam pro alto pra comemorar a vitória, a tradição ainda é mantida mas não por soldados de batalhão mas por valentes homens do campo.

Reverenciar o Santo João implica em homenagea-lo com fogo, os bacamarteiros fazem a sua parte, eles chegam de várias regiões do interior de Pernambuco pra saudar o santo e fazem mais barulho que fogos de artifício. O encontro desse ano foi no Sesc de lá.

Apesar deles serem da turma do bolinha as luluzinhas também são bem vindas pra demonstrar a coragem em segurar o tranco do disparo, mas é preciso muita habilidade pra carrega-la manualmente. Eles tem um saquinho com pólvora (amarrado no cinto) e um soquete de metal pra socar o pó lá no fundo do bacamarte.

wwwwww

Outra tradição de Caruaru é Pífano ou pífaro ou ainda pife, uma pequena flauta transversal, aguda, similar a um flautim, mas com um timbre estridente.

Historicamente, essa flauta era uma forma dos primeiros cristãos saudarem a Virgem Maria nas festas natalinas. Na versão nordestina as flautas formam uma banda bem criativa com um toque nordestino.

Hoje a banda popular ganhou estatus  e se tornou a Orquestra de Pífanos de Caruaru.

wwwwwww

Alem do forró toda Pernambuco se manifesta, em Caruaru, com todas as suas tradições do folclore: encontrei Dança do Boi.

danças dos Pernas de Pau e por toda cidade muitas festas com expressões de alegria e espontaniedade.

Estive em Caruaru a convite da Fernanda, presidente da Associação de Parteiras de Caruaru, que me levou pra conhecer a sua terra além das parteiras do serrado.

Bem, quanto a arena do forró, só mesmo estando lá pra poder explicar. O que vc pretende fazer em junho do ano que vem?

3 Comentários

Arquivado em ACONTECE, EXPERÊNCIA DE VIDA, FESTAS POPULARES, IMPERDÍVEL, masculino e feminino, RODAR O MUNDO, Tradição