Democracia da Arte e da informação

Talvez vc não conheça o Gejo, o Maldito, pessoalmente mas já deve ter visto a arte dele pelas ruas da cidade. Gejo é um dos famosos personagens urbanos que levou o grafite dos muros pras galerias.

olha ele aí assinando suas obras, originais e serigrafías

Mesmo tendo conquistado a elite paulista ele não perdeu sua essência, pelo lado maldito ele é crítico, protesta, questiona, dialoga com personagens dando asas a vermes peçonhetos pseudo asquerosos.

7º FreeArt Fest

Primeiro Gejo interferiu na poluição visual da cidade, ele e sua turma pegavam, a noite, essas placas do tipo “vende-se” grafitava e devolvia, assim a arte era deixada na rua, portas de edifîcios, esquinas, pontos de onibus, pra quem tivesse afim de pegar.

porta da galeria no dia da abertura do FreeArt Fest

A brincadeira do artista que nunca deixou a rua virou evento, o Free Art FEST a Monica Figueiras topou o festival  e abriu a galeria. A proposta é: os artistas doam obras e a população pode pegar de graça, o movimento formal aconteceu.

 

Eu conheci Gejo, o Maldito na rede social e ele me convidou a participar, doei 5 fotos do meu arquivo de casas de parteiras, uma pra cada edição.

11:00, maior fila lá fora, nem sinal das senha, mas olha ele aí montando a exposição

A 7º edição do Fre ART fest foi dia 26 de março, na véspera o jornal Destaque (de circulação livre) fez uma matéria, veja bem o “poder dos gratuitos” uma midia free notíciando uma galeria de elite que doava arte a população, esse era o assunto do lado de fora.

Sabadão ensolarado,  a fila na Bela Cintra chamava  atenção, o primeiro chegou as 6:00 da manhã. Eu me achando prudente cheguei as 10:00 (fui número 71), moradores do bairro não entendiam nada, “arte de graça?” Alguns moradores iam pra fila também.

o segurança não acreditava "vão dar os quadro de graça mesmo?"

Chegava gente, chegava gente… todas as idades, todas as classes sociais, todas as classes culturais, sem privilégio. Quer uma obra? Fique na fila! Senha as 11:00.

Eu perguntei pro pessoal da fila, todos estavam ali ou por meio do jornal gratuito ou por meio da rede social que também é gratuita.

o senhor de idade está no meio dessa fila, eu fiquei onde esta o carro

Simplesmente incrível estar vivendo isso! Nem idoso, nem criança, nem expositor todo mundo tinha o mesmo direito. “ É por órdem de chegada, fila, senha, uma obra por senha!”


Muito burburinho, 200 senhas distribuídas, depois as portas da galeria foram abertas, um entre e sai de gente, um vai e vem, cada um namorando uma obra,

até às 14:00 quando as portas foram fechadas, mais tumulto,

o primeiro da fila escolheu a rosa azul

música, dança, arte ao vivo lá fora

o prazer também era do artista que doou a foto ao ver que ela tinha sido escolhida

chamados de dez em dez números os privilegiados entravam e escolhiam uma obra

Esse menino chegou cedinho, no meio da história o pai reclamava, "eu tenho uma criança , eu tenho que ficar na fila? O menino tá com fome." Acho eu que fome de arte! rsss

cada um que saía era um alívio ou uma tristeza

"Eu queria o quadro que saiu no jornal"

Cada um com um sorriso no rosto.

Essa obra é minha, eu tenho senha!

O Gejo é reconhecido pelo grafite do tatu amarelo, na minha vez de escolher, encontrei um tatu vermelho, não tive dúvida, bateu aquela minha vocação de “essência do feminino” e eu pirei ao imaginar que era uma tatu menstruada num fundo cheio de rendas e fricotes verde amarelo.

Bendito seja essa “maldito” a próxima edição 30 de abril

2 Comentários

Arquivado em ACONTECE, ARTE, BiADAGENS, IMPERDÍVEL, NEM TE CONTO!

2 Respostas para “Democracia da Arte e da informação

  1. maravilhoso trabalho de cobertura intima do free art fest dia 26 /03 /2011
    o dia que a galeria deu obras de graça .
    sucesso bia .bejin

  2. O projeto é incrível e as obras maravilhosas.
    Também pretendo fazer um post do “meu olhar”, adorei, claro!

    Amei te ver e também escolhi uma obra do Gejo (:
    Beijão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s